sexta-feira, 11 de agosto de 2017

SOERN participa do I Encontro de Políticas Públicas em Saúde Bucal do RN

O SOERN participou ontem (10), no auditório da UnP, unidade Floriano Peixoto, no bairro Petrópolis, do I Encontro de Políticas Públicas em Saúde Bucal do RN, tendo como convidada especial a Dra. Livia Almeida, Coordenadora Geral da Saúde Bucal do Ministério da Saúde.
Durante sua explanação, Dra. Lívia abordou diversos assuntos, dentre eles, desafios e perspectivas da Saúde Bucal no Brasil. “Falaremos sobre o programa Brasil Sorridente, e dos novos projetos na área de saúde bucal. Vamos fazer uma atualização do que está acontecendo com a Odontologia nacional e local. Temos feito alguns avanços, mas também sabemos que precisamos melhorar. Estão tramitando nas casas legislativas, Projetos de Lei que tornam a política de Saúde Bucal uma Política de Estado e não de Governo. Estou otimista e acredito que com trabalho e união conseguiremos novas conquistas”, disse.

O encontro teve início com o presidente do CRO-RN, Gláucio de Morais e Silva que deu as boas-vindas aos participantes, coordenadores municipais de Saúde Bucal dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, representantes de entidades e convidados. “Vamos discutir temas muito importantes como a questão salarial e demonstrar numa pesquisa como se encontra a Odontologia no RN. Agora é o momento de chamar cada vez mais os cirurgiões-dentistas a participarem desses eventos e para irem às ruas para clamarem por melhorias, como por exemplo, condições mais dignas de trabalho, carga horária justa, remuneração correta, entre outros assuntos”, relatou


O presidente do SOERN, Ivan Tavares falou da participação do Sindicato no evento. “Fomos convidados para participar de uma mesa redonda. Vamos comentar sobre o financiamento do SUS, e a nossa grande preocupação pela tentativa deste governo de retirar o profissional dentista das equipes nos programas de saúde família, isso é desastroso e entendemos que o Ministério tem que estar a par do que acontece.  Iremos cobrar do gestor a paridade de cargas horárias entre todos os profissionais que atuam na ESF, ressaltou Dr. Ivan e acrescentou que serão discutidas ainda, questões salariais, flexibilização dos horários de trabalho e o Ensino a Distância.
Na programação, além das palestras dos representantes do Ministério da Saúde, da secretaria Estadual de Saúde (Sesap) e da secretaria Municipal de Saúde de Natal, ao final, o CRO-RN realiza uma mesa redonda para discutir os temas apresentados pelos palestrantes e também sobre a “Pesquisa de Satisfação dos Dentistas nas Equipes de Saúde Bucal da ESF.
A pesquisa ouviu 210 dentistas da ESF de um universo de 924 equipes de Saúde Bucal cadastradas no sistema pelo Ministério da Saúde para os 167 municípios do Estado. No total, o Rio Grande do Norte tem 1.222 equipes de Saúde Bucal credenciadas pelo Ministério da Saúde, mas atendendo de fato são 897.
O diretor de comunicação da FIO, Flavio Calife esteve presente e falou sobre a participação da Federação. “Estamos aqui e vamos discutir a questão salarial dos profissionais. Hoje, os cirurgiões-dentistas do RN possuem contratos precarizados, sem segurança jurídica, sofrem alta rotatividade nos seus vínculos, são extremamente regulados na rigidez do cumprimento das normas do PMAQ e no ponto eletrônico e tudo isto não se traduz em melhoria salarial. O que queremos é um plano de carreira de Estado,um Plano de careira SUS", complementou.





sexta-feira, 4 de agosto de 2017

SOERN participa de reunião com o Ministério Público de São Gonçalo

 O SOERN solicitou uma  audiência na sede do Ministério Público em São Gonçalo do Amarante,  juntamente com o Sindsaúde e o Sindicato de enfermagem do município para discutir Ponto Eletrônico, realizada na manhã desta quinta-feira(03).
Dessa reunião, uma nova audiência coma promotora  foi marcada para o dia 29 de agosto, às 9h, com a presença do secretário municipal de saúde. Na ocasião, serão discutidos a regulamentação do  ponto eletrônico e uma forma legal de implantá-lo e  proposta de  um projeto de lei para alterar o estatuto do funcionário.





quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Em Assembleia, servidores municipais aprovam agenda da luta unificada


Nesta terça-feira (1), foi realizada a assembleia conjunta com os servidores e servidoras representados pelas Entidades da Luta Unificada: Sinsenat, Sindern, Soern, SindSaúde e Sindguardas.
Por unanimidade, as bases confirmaram a importância da união de todas as categorias e definiram um calendário de atividades que segue até setembro.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Assembleia discute questões salariais

Na noite desta quarta-feira (26), a diretoria do SOERN se reuniu com alguns cirurgiões-dentistas para discutir questões salariais. Na ocasião, o presidente Ivan Tavares, explanou sobre a situação que envolve atrasos e defasagem salarial, em relação a Prefeitura de Natal e convocou a categoria para participar das lutas.


Senadora e SOERN discutem Ensino a Distância

Preocupados com essa nova realidade, o presidente do SOERN, Ivan Tavares, além dos diretores Flávio Calife, Humberto Dantas e Alzira Guará, estiveram semana passada no escritório da Senadora Fátima Bezerra para discutir o Ensino a Distância em odontologia.

SOERN participa de discussão sobre o TAC

A diretora do SOERN e Conselheira e Estadual de Saúde, Karla Falcão, esteve presente na  última segunda-feira   à reunião ordinária do CES. Em pauta, dentre outros assuntos, o Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do estado do RN e Governo do Estado do RN. Uma tarde de ricas discussões , plenário lotado, em pauta saúde do trabalhador, formação de consórcios, processo de regionalização, fortalecimento da atenção básica a nível de municípios  com perspectiva de resolução de problemas antigos na pasta da saúde.

De acordo com a diretora,  foi formado um grupo de trabalho, condutor do TAC, onde o CES tem assento, e deverá ser sensível as contribuições dos demais atores envolvidos.  "O CES entende que deverá haver debates mais amplos e verificar, a importância do grupo condutor e do processo de regionalização que é  bandeira do CES, que não é contra o TAC, porém,não admite perda de assistência", disse Karka Falcão.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Governo Federal investe R$ 344,3 milhões para fortalecer a Saúde Bucal brasileira


O Ministério da Saúde está investindo R$ 344,3 milhões para qualificar, ampliar e fortalecer o atendimento de Saúde Bucal por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil. A medida é resultado da eficiência econômica obtida em um ano de gestão, o que tem possibilitado reinvestir os recursos integralmente nos serviços e políticas públicas do Governo Federal, beneficiando diretamente milhões de pessoas que dependem do SUS. A ação possibilitará o custeio de 2.299 novas equipes de Saúde Bucal, o credenciamento de 34 Unidades Odontológicas Móveis (UOMs) e a aquisição de 10 mil cadeiras para consultórios odontológicos, com raio-x, que funcionam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira (20) no Palácio do Planalto, em Brasília.